sábado, 8 de novembro de 2008

2

Tangas Lésbicas - pt

  • sábado, 8 de novembro de 2008
  • Saga de Animes
  • Share
  • 1.Uma descrição do blog pela autora Marita Ferreira/Tangas:
    O Tangas Lésbicas já tem uma descrição no seu cabeçalho: lésbicas de tanga na tanga - em busca do seu passo doble perfeito - desfiando as linhas que cosem as tangas - que nos devolvem envolvem - pingas que tingem a linha da tanga - todas as tangas são iguais - mas estas são as melhores - tangas lésbicas.
    Um pouco nonsense, um humor muito próprio e muita discussão séria também.


    Visite tangas lésbicas


    2.Quem é a autora? E por que de criar o blog?
    Sou jornalista de profissão. Pessoalmente, o que me apetece ser, sem nenhuma espécie de preocupação pelo que os outros achem que sou. Sou feliz e invisto na felicidade dos outros.
    O blogue nasceu como um projecto colectivo, mas acabou nas minhas mãos. O boneco da "Tangas" - que no português desse lado do Atlântico é, segundo creio, "lorota" - foi ganhando vida própria. O blogue não é nem um diário pessoal. É uma visão do universo lésbico visto por uma personagem de ficção, a Tangas, com inteira liberdade de acção e reacção.


    3.E o que te incentiva a manter o blog?
    A audiência que tem, claro. A Tangas jamais sobreviveria sem o feedback de quem o lê. Muitas vezes, os posts são resultado da interacção provocada por um tema ou um conceito deixado nos comentários. As pessoas reagem à Tangas e aos assuntos abordados e acaba por haver uma discussão constante de conceitos e pontos de vista. Isso acaba por dar oportunidade às pessoas de exprimir a sua visão de uma forma de estar lésbica. Por vezes, estarem em desacordo com a Tangas fá-las abordar questões importantes para a sua própria forma de viver ou conviver com o lesbianismo.


    4.Lê outros blogs? Pode dizer quais assuntos te interessam?
    Leio muitos blogues, em português e em inglês, sobretudo. Os de temática lésbica são obrigatórios, claro, mas não os únicos. Tudo me interessa. É muito interessante observar o que preocupa os outros e a forma que escolhem para se expressar a esse respeito.


    5.O blog é direcionado a que público? Em quem pensa quando escreve?
    Não consigo pensar num público específico quando escrevo. Até porque, como já disse, a Tangas é um boneco com vida própria. Vive e movimenta-se num mundo muito seu e é sobre isso que escrevo. Quando crio um post para o Tangas, estou na pele do boneco. A Tangas é uma activista lgbt apaixonada, mas também é uma pessoa como qualquer outra e isso é o que, no fundo, a aproxima da sua audiência.


    6.Há necessidade de moderar comentários? Tem problemas com críticas e agressões ou tenta responder a esse tipo de comentários?
    Não tenho a moderação de comentários activada. Acredito na liberdade de expressão. As críticas têm sempre um lado positivo. As agressões não, até porque envolvem geralmente ataques pessoais. E isso não é tolerável. Há sempre um limite a respeitar e é bom que as pessoas o entendam. Já tive de bloquear um par de IPs por isso, mas foram excepções e raramente se verificam, até porque a Tangas tem a língua afiada...


    7.Qual post você mais curte em seu blog, e qual você não achou que ficou legal?
    O melhor post é sempre o último e os maus não são publicados.


    8.Como você vê a Blogosfera em geral e sua relação com outros blogs?
    A blogosfera é um espaço privilegiado de encontro e discussão. Acredito que mudou a forma como a informação passa, adicionando-lhe o imediatismo da interacção que permite. A relação com os outros blogues está sempre em evolução, como qualquer relação. Há alturas em que é mais próxima, outras que fica mais à distância. É uma bela forma de contacto.


    9.Para você, o que está faltando na Blogosfera atualmente?
    Às vezes falta um pouco de bom senso. Mas regra geral as ideias são tantas e surgem a uma tal velocidade, que nem me sinto qualificada para debitar sobre o que falta. Até a forma e o conteúdo têm tantas ferramentas disponíveis que é impossível usá-las todas de uma só vez. Começou como escrita pública, mas hoje em dia qualquer pessoa pode optar por usar a sua voz ou as suas imagens em vez do teclado. Isso confere-lhe um grande poder e, felizmente, a maioria das pessoas usa-o com alguma sensatez.


    10.Pelo que você brigaria hoje?
    Pelo que briguei toda a vida: o que é justo, bom e nos torna melhores. E pela felicidade, uma coisa tão simples e que tanta gente ainda não consegue ver como um direito inato.


    Você assina e autoriza a publicação dessas declarações?
    Assino e autorizo, claro. Agradeço também a iniciativa, que mostra uma outra faceta da blogosfera, sem os "bonecos" que interpretamos para nela participar.

    2 Responses to “Tangas Lésbicas - pt”

    domelhor.net disse...
    16 de novembro de 2008 07:38

    ...

    ...


    atalhovirtual.com disse...
    16 de novembro de 2008 07:48

    ...

    ...


    Postar um comentário

    Subscribe