sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

3

PensaRics.com

  • sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009
  • Saga de Animes
  • Share
  • 1.Uma descrição do blog pelo autor Rics:
    Pra mim o Pensa Rics é um espaço onde posso exercitar minha recém descoberta paixão pela escrita, além de ser um projeto de negócio a longo prazo também. Em 2009 entro na casa dos trinta anos, estou naquela agonia básica de tentar trabalhar com algo prazeroso, deixar de ser empregado, etc. Escrever é praticamente uma terapia, eu fico feliz quando escrevo um bom texto.
    Pra todas as outras pessoas o Pensa Rics é um blog de um Nerd que passa 90% do seu tempo online, na web, absorvendo toneladas de informação (úteis ou não). Eu trabalho com web e me divirto na web também, então já viu, né? No blog eu procuro sempre colocar a minha visão das coisas, de forma bem intimista mesmo. A idéia é conversar com o leitor como se ele estivesse na minha frente, num papo de amigos. É tipo "Cara, você já viu aquele site Entrevista Blogs? É muito legal, depois acessa lá pra você ver." entende?
    Não sei se eu consigo esse nível de intimidade com o leitor, mas estou tentando bravamente! Acho que tenho muito o que aprender e muito, mas muito mais o que melhorar na minha escrita, mas eu chego lá. Devagar e sempre!


    Visite PensaRics.com


    2.Qual o tema principal do blog PensaRics.com? Quais as fontes e inspirações para escrever seus textos?
    O tema principal do Pensa Rics é web, pois a maioria esmagadora dos posts trata de alguma coisa relacionada a isso. Só que eu também falo de gadgets, comento vídeos, notícias interessantes que encontro por aí... Na verdade é a visão de um nerd (eu) sobre coisas que rodeiam o seu (meu) dia a dia. Pra simplificar ao extremo: entretenimento! Existem milhões de blogs assim, é claro, mas com a minha visão e o meu jeito de escrever só tem o meu e é isso tudo que acaba formando a "cara" do blog.
    A fonte de inspiração pra escrever meus textos é uma só: a internet. O Pensa Rics é um blog de opinião, então eu comento coisas legais ou escrotas que estão aí pra todo mundo ver e que na minha opinião (opinião, opinião, opinião) valem o comentário. São horas e horas de navegação diária, literalmente milhares de feeds, uma loucura. Eu queria muito (e ainda chego lá) poder me dedicar full time a essa tarefa pra conseguir acompanhar melhor tudo o que acontece e também escrever mais textos, pois deixo de comentar muita coisa por pura falta de tempo.


    3.Seus textos são originais? Alguma vez já se sentiu tentado a copiar algo que leu em outro lugar? Como você lida com esse assunto?
    Todos os meus textos são originais, mas são sempre baseados em alguma coisa que li, vi ou ouvi. Não me lembro agora ao certo, mas acho que não tem nada autoral lá no Pensa Rics, tipo um conto, poesia ou qualquer coisa nesse sentido. De vez em quando eu publico um ou outro vídeo que dispensam qualquer comentário, então não tem mesmo muito o que escrever, mas normalmente eu gosto mesmo é de escrever algo.
    Copiar um texto pronto nunca me passou pela cabeça justamente pela motivação original que tenho em manter esse blog ativo: o exercício da escrita. Normalmente quando eu vejo um texto muito bom, que me empolga, eu penso em escrever algo sobre aquele texto, ou até meso sobre o assunto que o texto trata, mas abordando do meu ponto de vista. Agora, copiar não faz o menor sentido pra mim. Seria tirar toda a graça do negócio, e aí seria o fim do Pensa Rics (pelo menos pra mim).
    Quanto a lidar com esse assunto, bem, não tem muito o que lidar. Eu acho errado e ponto final. Apesar de super novo o meu blog está sendo copiado direto. Tem um bando de "blogs automáticos" por aí que chupam todo o meu conteúdo e de mais um monte de blogs que eu conheço. É uma sensação muito estranha você descobrir isso. Primeiro você pensa que isso pode ser bom, afinal de contas se teu conteúdo fosse uma bela bosta ninguém ia querer copiar, mas depois dá uma coisa ruim, uma sensação de impotência e você percebe que aqueles caras estão te roubando um monte de visitas. Você pesquisa, fica ligado 100% do tempo em tudo, dorme super tarde pra conseguir escrever todo dia e vai comemorando cada aumento na curva dos gráficos de acesso, aí o cara vai lá e te rouba e faz uma grana com tudo o que você se matou um tempão pra fazer. É bem chato mesmo.


    4.Qual sua opinião quanto a monetização e rentabilização de blogs? E sobre a evolução da loja do Secundum do Jobson Cia?
    No Brasil existe uma coisa muito estranha que é a condenação moral de qualquer indivíduo que consiga sucesso, seja no que for. Parece que está incrustado na nossa cultura que só quem tem um comportamento altruísta é que está certo. Eu, felizmente, não penso assim. Eu quero transformar meu blog em um modelo de negócios eficiente. Quero que ele se sustente e que me sustente também. Quero ter dinheiro em caixa pra poder me dedicar integralmente à ele e poder também lançar outros projetos que tenho na manga e que só não coloco em prática por pura falta de tempo, afinal de contas por enquanto ainda tenho que trabalhar como empregado em uma empresa pra poder pagar as contas (inclusive as do blog).
    Eu quero poder viver fazendo alguma coisa que me dê prazer sem precisar virar ator de filme pornô, entende? Nada contra eles, mas é que eu estou bastante fora do peso, então seria bem difícil conseguir um bom cachê. Portanto eu encaro o blog como um empreendimento. É uma terapia escrever, eu me divirto e tudo o mais, mas também tenho que deixar ele sempre atualizado, tenho que divulgá-lo, tenho que aumentar meu networking, tenho que conseguir mais visitas, tenho que ler, estudar e aprender tudo o que conseguir sobre blogs. É um hobbie que encaro com profissionalismo. Apesar da grana que ele gera não pagar nem um mísero mês de hospedagem minha conduta é como se ele me rendesse milhões de dólares pro dia, sabe como é? Meu objetivo é claro e estou caminhando em direção a ele.
    Quanto à loja do Jobson, eu entrei no pior momento possível, bem quando o Google estava desindexando todo mundo. Desde então o pessoal do Secundum tem trabalhado como loucos pra colocar tudo em ordem novamente. Eu acredito demais no projeto, mas estipulei um prazo longo para adaptação, até porque meu blog não é tão visitado assim que por sí só coloque a loja em destaque no Google.
    O que eu gostei é que depois que entrei pro negócio eu aprendi um monte de coisas importantes sobre blogs com eles. O Jobson tem me dado tantas dicas que se ele resolvesse cobrar pela consultoria eu estaria devendo por três gerações. A loja mesmo ainda não rendeu muito, mas eu tenho certeza absoluta que é uma questão de tempo. Quem já tinha um blog bastante visitado está conseguindo fazer uma grana. Como eu já disse antes, ainda chego lá.


    5.Existe algum trabalho de divulgação do blog? E qual o objetivo de tornar o blog conhecido?
    Existe sim um trabalho de divulgação do blog, afinal de contas de que adianta escrever se ninguém vai ler, não é mesmo? Só que esse trabalho tá mais pra um "estado de espírito" do que pra alguma atividade específica. São tantas ações conjuntas que nem sei dizer ao certo onde começa e onde termina essa divulgação.
    Todo email que eu mando vai com assinatura contendo o endereço do blog. No Twitter eu sempre aviso quando publico um post novo, com link e tudo. Sempre que converso com alguém e que aparece um assunto onde o blog pode ter alguma relevância eu sugiro a visita. De vez em quando sugiro a visita até mesmo fora do contexto, tipo mendigo de sinal de trânsito! hahahahaha
    Outra coisa muito importante e que eu estou fazendo muito menos do que gostaria (ou deveria) é sair visitando blogs novos, deixar comentários que adicionem ou complementem os posts de outros blogs, etc. Esse é o tipo de divulgação que mais dá resultado e é também o tipo de divulgação mais mal aplicado que eu conheço. Não adianta comentar se você não tem algo a dizer. O objetivo principal num comentário não é atrair visitantes ou conseguir links, mas sim somar à discussão, deixar uma opinião, etc. O resto é consequência.
    O objetivo de tornar o blog conhecido é óbvio, pelo menos no meu caso. Como já disse antes, estou encarando o blog como um projeto de negócio a longo prazo. Pra ele virar um negócio rentável, que efetivamente gere uma grana tal que me possibilite dizer que blogar é minha atividade principal, eu preciso de visitas. Muitas visitas! O modelo de negócio de qualquer blog é baseado primeiramente em audiência. Então a divulgação é essencial. As pessoas vão entrar pra conhecer. Algumas vão gostar e voltarão. Algumas outras também vão indicar a leitura para outras pessoas. E assim a bola de neve começa a girar.


    6.Você teve alguma inspiração em algum blog, antes de começar a publicar o seu?
    Não. Quando eu comecei o Pensa Rics ainda estava meio perdidão, sem saber que rumo dar ao blog. Se você for ler os posts lá do comecinho vai perceber que eu falava muito mais sobre minha cidade/região do que qualquer outra coisa. Depois eu comecei a escrever sobre coisas mais "genéricas", porque queria um blog que fosse interessante pra qualquer pessoa ler, não só pro pessoal daqui. Enquanto isso fui tentando encontrar um nicho pra ocupar, mas nunca conseguia definir. Até que um dia acabei me dando conta que, sem querer, já estava escrevendo sobre um nicho: Cultura Nerd, tecnologia, web... São coisas que eu gosto e que fazem parte da minha vida.
    Talvez tivesse batido muito menos a cabeça se eu tivesse me inspirado em algum outro blog ou site. Quase desisti do blog algumas vezes por conta de não conseguir definir um caminho claro pra seguir.


    7.Cite uma personalidade importante da blogosfera na sua opinião. Explique.
    Ah, essa é fácil. Carlos Cardoso! O Cardoso tem, sem qualquer sombra de dúvida, o melhor texto da internet. Não é à toa que os blogs dele são visitados por todo mundo. Ele consegue provocar ódio, desprezo, desespero, risos, perplexidade, indignação, tudo num texto só. Eu normalmente estou no grupo dos que riem! O cara é muito bom mesmo.
    Você perguntou sobre inspiração antes. Talvez eu me inspire um pouco no Cardoso. Não no blog dele, mas na forma como ele escreve, cheio de referências, casual, quase conversando ao vivo contigo. Ler os textos dele, em qualquer um dos sites que ele escreve, é ter uma aula de redação. Já aprendi muito com o Cardoso e vou aprender ainda mais, com certeza!
    Eu não posso deixar de falar da Nospheratt, do Blosque. Ela também consegue viver de blogar, tem ótimos textos e o melhor de tudo, ajuda muito quem está começando. Ela me deu tantas dicas no começo que nem sei como agradecer. Foi realmente incrível a atenção que ela dispensou ao Pensa Rics lá nos primórdios. E ela ajuda todo mundo na maior boa vontade. As dicas que ela me deu eu nem havia pedido. Ela simplesmente viu que eu estava perdido, bateu no meu ombro e apontou: "Ei, vai por alí que você vai se dar bem". Dito e feito!


    8.O que alimenta seu blog (o que faz ele permacer vivo)? Visitas, idéias, lazer ou outro?
    Eu estou sempre de olho nas visitas, é claro. Escrever no blog é uma terapia pra mim, eu adoro. É um lazer, sem dúvida. E idéias, bem, eu acredito que idéias geniais apareçam do nada, mas tenho certeza que a grande maioria delas foi resultado de um pouquinho de inspiração e muito, mas muito mesmo de transpiração.
    Então o que mantém meu blog "vivo" mesmo é a minha determinação em fazê-lo vingar como negócio num futuro não muito distante, minha pré-disposição em encarar tudo isso com seriedade acima de tudo. Não fosse isso eu já teria desistido, como fiz dezenas de vezes antes do Pensa Rics surgir.


    9.Qual post seu que você mais gostou, e ele fez o sucesso que gostaria?
    Teve um post que eu adorei escrever e que ficou bem legal, do jeito que eu queria mesmo. Sem querer entrei num hype ainda por cima e o blog teve picos insanos de visitação por causa dele. Os comentários então viraram uma festa, com o pessoal conversando lá como se aquilo fosse MSN. Eu via tudo aquilo e mal podia acreditar. Meu blog ainda tava com uma média de 40 visitas diárias e de repente pulou para 4 ou 5 mil. Demorou quase um mês pra estabilizar novamente, mas mesmo assim estabilizou em 60 por dia. Um belo aumento! O post foi esse:
    " Primeiro contato extra-terrestre será dia 14 de outubro de 2008. Falta menos de um mês!"


    10.O que você dá mais importância em seu blog? E por que?
    Conteúdo! A parte mais importante de qualquer blog é o seu conteúdo. É ele que vai atrair visitantes e é a qualidade desse conteúdo que vai trazê-los de volta. Agora, eu também sei muito bem que nem só de conteúdo vive um blog, então eu também dou muita importância ao layout, design, disposição dos anúncios e tudo o mais. Inclusive, estou preparando um tema novo pro Pensa Rics, incorporando melhor o logotipo (aquele macaquinho) que um amigo desenhou pra mim, etc.
    É tudo um conjunto. O conteúdo é o mais importante, mas não tá assim tão lá na frente. É preciso cuidar de todos os outros aspectos do blog também pra ter um blog "totalmente excelente"!


    11.Pelos seus conhecimentos, qual o peso da influencia dos blogs brasileiros atualmente?
    Influência é uma coisa muito subjetiva, difícil de quantificar, mas eu venho notando um crescente interesse do mercado em relação aos blogs. Já temos no Brasil hoje alguns poucos blogs com muita relevância em seus nichos. Acho que um dos melhores exemplos é o Meio Bit, que já virou referência quando se pensa em tecnologia.
    Em 2008 tivemos várias ações de marketing com o foco em blogs, empresas apresentando produtos aos blogueiros para que esses pudessem divulgar e tudo o mais. Isso é ótimo! Acho que em 2009 essa tendência deve continuar. O mercado está percebendo que opiniões sinceras de blogueiros conhecidos podem valer muito mais que anúncios padrão. Por exemplo, você confiaria mais num anúncio dentro de uma revista ou num post cheio de detalhes, impressões e análises dos pontos positivos E (muito importante) dos pontos negativos de um produto?


    12.Qual objetivo do blog de agora em diante?
    O objetivo do Pensa Rics de agora em diante é o mesmo lá do começo. Eu falo lá no começo como se fizesse muito tempo que o blog está online, mas a verdade é que o meu blog ainda está dando seus primeiros passos. Pois bem, o objetivo do Pensa Rics por enquanto é atingir um patamar tal de visitação e rendimentos que seja possível cobrir todos os custos de manutenção, além de me proporcionar a liberdade de separar algumas horas a mais do meu dia para mantê-lo.
    Hoje eu não posso dispensar nem um minuto do meu dia para o blog. Todo o tempo que invisto no Pensa Rics é retirado das minhas "horas livres". Como eu trabalho, curso uma faculdade, estou fazendo um curso de inglês e ainda tenho uma filha pequena para ajudar a cuidar, normalmente vou dormir depois da 1:00 da manhã durante a semana para dar conta de manter tudo atualizado. Está sendo punk, mas considero isso como investimento.
    O dia que o blog começar a me render uma quantia mínima vou poder separar algumas horas a mais pra ele, e aí é uma bola de neve. Com mais tempo dá pra escrever posts melhores e em maior frequência. Dá pra comentar em mais blogs, pesquisar novas formas de gerar receita e tudo o mais. Espero chegar nesse estágio logo, ainda este ano.


    Você assina e autoriza a publicação dessas declarações?
    Eu autorizo a publicação dessas declaraçãoes.

    3 Responses to “PensaRics.com”

    Rics disse...
    6 de fevereiro de 2009 11:34

    Luciana,

    Foi uma honra ser entrevistado por você, ainda mais da maneira como tudo aconteceu. Eu já estava com um post sobre o teu blog engatilhado e aí, do nada, você me aparece pedindo uma entrevista.

    São estas coisas que me dão gás pra continuar blogando, estudando e buscando melhorar sempre.

    Obrigado e parabéns novamente pelo excelente blog (a idéia foi genial). Pretendo soltar o post logo mais, mas terei que escrever novamente, pois agora ele ficou meio sem sentido da maneira como tinha sido escrito.

    Um grande abraço e SUCESSO!

    Rics publicou um post sobre...Aprenda a calcular quantas civilizações inteligentes existem no universo


    Entrevista comigo no Entrevista Blogs | Pensa Rics, pensa! disse...
    7 de fevereiro de 2009 22:38

    [...] só que coisa bacana, foi publicada uma entrevista comigo no Entrevista Blogs, o blog mais interessante dos últimos tempos! A Luciana teve uma idéia muito [...]


    Atre l Conversa Atrevida disse...
    8 de fevereiro de 2009 20:51

    "...Eu quero transformar meu blog em um modelo de negócios eficiente. Quero que ele se sustente e que me sustente também. Quero ter dinheiro em caixa pra poder me dedicar integralmente à ele..."

    Ás vezes eu penso nisso também... Em como seria bom poder ter uma estrutura no blog que possibilitasse a dona dele escrever com mais tempo pra pesquisa...Viajar para participar de eventos...fazer entrevistas...Realizar promoções...Enfim, tantas coisas que eu gostaria de realizar no Conversa Atrevida.

    Como SONHAR não custa nada e ter esperanças é direito de TODOS, vou trabalhando como e com o que dá enquanto essa estrutura desejável não se faz real.

    Atre l Conversa Atrevida publicou um post sobre...Fora de forma no SEXO? Um 'Love trainer' ao ouvido resolve


    Postar um comentário

    Subscribe