sexta-feira, 27 de junho de 2008

1

O Pico da Montanha (é onde estão os meus pés)

  • sexta-feira, 27 de junho de 2008
  • Saga de Animes
  • Share
  • 1.Descrição do blog pelo autor Monge Genshô?
    R: Trata-se de um blog para notas sobre a vida espiritual de um monge e das respostas que ele dá as perguntas que lhe são encaminhadas, acompanhadas de notícias sobre o mundo budista com ênfase no zen budismo.


    Visite O Pico da Montanha


    2.Como surgiu o blog O Pico da Montanha (é onde estão os meus pés) e qual objetivo?
    R: Surgiu do anseio de ajudar pessoas que tem as mesmas buscas espirituais.


    3.Qual seu segmento do Budismo, organização e onde esta localizado? Se puder explicar um pouco se há diferenças. Espero ter me feito entender.
    R: O Zen budismo da escola Soto representa 90% do zen budismo mundial, sua sede geral está no Japão para onde migrou vindo da China no século 13. É uma escola monástica focada na prática intensiva de meditação mas com um grande trabalho junto aos leigos que buscam a iluminação.


    4.Você faz algum trabalho de divulgação do blog? Quais os meios que utiliza e fale um pouco sobre eles.
    R: Apenas os links dos blogs amigos.


    5.Você acompanha as estatísticas do blog? Pode dizer que textos ficaram mais populares?
    R: Atualmente ele tem perto de 500 visitas semanais, não há uma preocupação com popularidade, os textos zen budistas são densos filosoficamente e atraem um segmento específico de pessoas, os praticantes e simpatizantes budistas.


    6.Como você aborda temas complicados e complexos, para não dizer, polêmicos?
    R: Explicando claramente a doutrina de Buddha sem preocupação em agradar.


    7.Existe o preconceito (que é mais um pré-conceito) para com os budistas? E dentro da Blogosfera existe este preconceito?
    R: Creio que o budismo tem excelente imagem pública, 17% dos brasileiros se declaram simpáticos a ele e sua postura pacífica e compassiva.
    Não tenho conhecimento de ataques embora naturalmente eles ocorram em meios fundamentalistas que vêem o budismo com desagrado por sua postura avessa as crenças e ao sobrenatural em geral.


    8.Há necessidade de moderar os comentários? Costuma responder a todos os comentários; só aos que interessam ou a nenhum?
    R: Sim, modero os comentários, o blog não pretende discussões, os budistas em geral não as apreciam. Raramente respondo a um comentário.


    9.Como desenvolve os textos para postar no blog? Quais são as fontes?
    R: Perguntas que chegam pela web, e as notícias compiladas de diversas fontes sobre o budismo.


    10.Pode fazer uma analise dos conhecimentos e de recursos utilizados pelos budistas na Internet?
    R: Em geral os textos clássicos dos sutras budistas e as citações dos mestres acreditados, alguns tem conhecimento para fazer considerações próprias.


    11.Deixe uma mensagem que sirva a todas as religiões e crenças?
    R: Compaixão e esquecer-se de si mesmo é a porta para a felicidade.


    12.Você assina e autoriza a publicação dessas declarações?
    Sim.

    1 Responses to “O Pico da Montanha (é onde estão os meus pés)”

    Faculdade de Teologia disse...
    16 de julho de 2008 18:11

    Isto é muito interessante!

    Fiquem na Paz!!!


    Postar um comentário

    Subscribe